Terapia locomotora traz benefícios para pacientes com lesão ou disfunção neurológica

O treinamento locomotor é uma terapia que visa treinar a marcha de indivíduos com disfunções neurológicas. Ele pode ser realizado no solo, em esteira rolante – com ou sem suporte parcial de peso – e com dispositivos robóticos. É um tratamento que pode ser feito tanto em crianças, quanto em adultos.

Marcha é o nome dado ao padrão de caminhar da pessoa. Pacientes com lesões neurológicas podem apresentar alterações em vários sistemas corporais – sistema musculoesquelético, neuromuscular, sensorial, entre outros – resultando em uma marcha anormal.

O treinamento locomotor é uma conduta terapêutica indicada para crianças e adultos com alterações na marcha, como em casos de Paralisia Cerebral, Mielomeningocele, Transtorno do Espectro Autista, AVC, Esclerose Múltipla, Doença de Parkinson, entre outros.

Os benefícios desse treinamento incluem melhora da qualidade e velocidade da marcha, da mobilidade, do equilíbrio e da função desses pacientes, consequentemente melhorando sua qualidade de vida. Em geral, o procedimento não é indicado para pacientes com déficits cognitivos graves, crises convulsivas não controladas, cardiopatias descompensadas e em casos de contraturas e deformidades severas.

Para que o treinamento locomotor seja realizado adequadamente e com segurança, é imprescindível buscar um serviço de fisioterapia neurofuncional qualificado, para que os objetivos sejam alcançados e para que o caso não seja agravado.

Leave Your Reply